Driving research of Myalgic Encephalomyelitis / Chronic Fatigue Syndrome (ME / CFS),
Post Treatment Lyme Disease Syndrome (PTLDS), Fibromyalgia and Long Covid

Novidades Promissoras do Estudo Metabolômico de Validação de Bob Naviaux

Nesta Quarta da Ciência da OMF (#OMFScienceWednesday) nós temos novidades promissoras sobre o estudo metabolômico de validação que estamos financiando no laboratório do Dr. Naviaux, na Universidade da Califórnia, em San Diego. Este estudo foi projetado para validar, de forma independente, os achados pioneiros do Dr. Naviaux sobre as características metabólicas em EM/CFS, publicado em 2016.

Como alguns de vocês devem se lembrar, o estudo inicial do Dr. Naviaux realizou perfis metabólicos em pacientes, para medir os níveis de centenas de metabólitos do soro sanguíneo, as pequenas moléculas envolvidas no metabolismo. Isto forneceu uma imagem de perturbações generalizadas no metabolismo de portadores de EM/SFC comparados com controles saudáveis – e ainda mais importante foi uma ‘assinatura’ metabólica que apareceu para diferenciar os pacientes dos controles. Isto foi uma novidade animadora, visto que esta área necessita desesperadamente de um biomarcador, que poderá ajudar a desenvolver o primeiro diagnóstico biológico concreto para EM/SFC. Porém todos os biomarcadores potenciais precisam ser validados e, por esta razão, nós financiamos este estudo.

As novidades mais recentes são muito boas: 23 de 30 (77%) das anormalidades das vias metabólicas encontradas no primeiro estudo foram validadas por este estudo subsequente, apesar das grandes diferenças geográficas e das práticas clínicas entre os dois grupos de pacientes. Estes resultados dão maior suporte ao fato de que a assinatura metabólica pode distinguir pacientes com EM/SFC de controles saudáveis. O Dr. Naviaux acredita que esta assinatura metabólica está nos dizendo que a EM/SFC resulta da persistência de um programa metabólico do tipo “dauer”, levando a um estado de conservação de energia mediado pela resposta celular ao estresse (‘cell danger response’ – CDR).

Para ler mais sobre os achados originais do Dr. Naviaux, incluindo a sua teoria sobre “dauer” e CDR – e a razão pela qual o Dr. Ron Davis acredita que este trabalho é tão importante na busca de um biomarcador e de um melhor entendimento da EM/SFC, acesse: /2016/08/30/mecfs-ground-breaking-metabolomics-results-by-ronald-w-davis-phd/

Para mais novidades recentes da OMF, veja o informativo de hoje: /2018/02/06/omf-newsletter-winter-2018/

A OMF agradece a Claudia Musso por esta tradução para o português.