Driving research of Myalgic Encephalomyelitis / Chronic Fatigue Syndrome (ME / CFS),
Post Treatment Lyme Disease Syndrome (PTLDS), Fibromyalgia and Long Covid

Um breve olhar na minha palestra de Londres

Caro amigo da OMF,

Eu preparei este relato para Ashley Haugen ler ontem na sessão de Unrest, no Departamento de Saúde Pública de Western Massachusetts. São novidades do Estudo de Pacientes Gravemente Acometidos (SIPS) que eu também apresentei em Londres.

Nós fizemos um progresso considerável na análise dos dados do estudo dos pacientes graves. Isto tomou um pouco de tempo porque temos apenas um cientista em bioinformática analisando uma quantidade massiva de dados.

Nós descobrimos que existe um número considerável de mutações que são mais comuns nos pacientes de ME / CFS do que nos controles saudáveis. Isso sugere que estas mutações tornam um paciente mais susceptível a desenvolver ME / CFS. Isso pode também indicar que algumas mutações são responsáveis pela gravidade da doença nos pacientes que estudamos. Vimos também uma grande quantidade de alterações metabolômicas que foram previamente vistas em pacientes menos graves. Estas diferenças do metaboloma entre controles saudáveis e nossos pacientes gravemente acometidos são em geral maiores do que em estudos com pacientes menos graves. Uma análise mais detalhada destes dados poderá nos ajudar a desenvolver tratamentos.

Uma área que estamos estudando atualmente, usando os dados genéticos e metabolômicos, é a possibilidade de existirem uma ou mais armadilhas metabólicas. Trata-se de um estado metabólico que um paciente pode desenvolver, possivelmente causado por estresse físico tal como o de uma infecção. Uma vez que o paciente esteja neste estado, não pode sair dele facilmente por descanso.

Estamos conduzindo biologia sistêmica e análise de vias, que mostram que uma armadinha metabólica é possível, e que algumas das mutações observadas a tornam mais provável. Neste caso nós poderemos ser capazes de retirar os pacientes deste estado através de uma intervenção metabólica específica. Estamos muito esperançosos de que isto possa ser um tratamento único, que dure poucos dias, e seja relativamente barato.

 

Lembranças de Londres,

Ronald W. Davis, PhD

Diretor, Conselho Consultivo Científico em ME / CFS da OMF

Diretor, Centro de Tecnologia Genômica de Stanford

 

A OMF agradece a Claudia Musso esta tradução para português.