Driving research of Myalgic Encephalomyelitis / Chronic Fatigue Syndrome (ME / CFS),
Post Treatment Lyme Disease Syndrome (PTLDS), Fibromyalgia and Long Covid

Últimas pesquisas do Dr. Mike Snyder sobre os efeitos em nível molecular consequentes de flutuação de peso

Nesta #OMFScienceWednesday, vamos falar sobre um emocionante novo estudo realizado pelo Dr. Mike Snyder, Diretor do Departamento de Genética na Universidade de Stanford. A equipe do Dr. Snyder executou um estudo big data – utilizando as mesmas tecnologias genômicas que está aplicando nas pesquisas em EM/SFC, em colaboração com o Dr. Ron Davis, financiado pela OMF – para entender como o nosso corpo reage, em nível molecular, ao aumento e perda de peso. Os resultados foram surpreendentes!

A equipe do Dr. Snyder descobriu que mesmo ganhos de peso modestos (por volta de 2,5 kg) poderiam causar mudanças dramáticas em nível molecular, incluindo marcadores de inflamação, mudanças no microbioma intestinal e ativação de genes envolvidos em doenças cardíacas. Estas observações sugerem uma explicação em nível molecular para a conexão entre ganho de peso e doenças cardíacas. No entanto tem-se também boas notícias: estes efeitos foram quase completamente revertidos após a perda do peso.

O que é importante observar é que este estudo monitorou indivíduos desde o início do ganho de peso até a subsequente perda de peso. Esta abordagem “longitudinal” de retirar amostras dos indivíduos em múltiplos momentos no tempo é muito mais poderosa do que comparar um grupo de indivíduos em um único momento. Esta é também uma abordagem que a equipe do Dr Snyder está utilizando nas pesquisas em EM/SFC, conforme os pacientes melhoram ou pioram, e eles estão esperançosos de que isto irá ajudar a vencer as dificuldades inerentes ao estudo de uma doença com tantas variações.

Leia mais sobre o estudo de flutuação de peso da equipe do Dr. Snyder em The Scientist.

Fique ligado para um vídeo que será lançado com novidades da pesquisa do Dr. Snyder, onde ele explica em detalhe como a sua equipe está aplicando estas tecnologias de ponta para entender EM/SFC e aonde eles esperam chegar.

Para ficar a par das nossas postagens científicas (#OMFScienceWednesday), certifique-se de curtir a nossa página no Facebook!

Se você quiser receber as nossas mensagens da OMF em português diretamente na sua caixa postal, por favor registre-se, lembrando-se de informar o seu país. Você poderá encontrar as nossas traduções para português na nossa página na internet. Se você entrar em contato com a OMF diretamente, por favor escreva a mensagem em inglês.

Mais informações: www.omf.ngo. Entre em contato: info@omf.ngo. Inscreva-se no nosso  informativo. Siga-nos no Twitter. Curta-nos no Facebook. Faça uma doação para dar suporte às nossas pesquisas.

A OMF agradece a Claudia Musso por esta tradução para o português.